Fontes de consulta para esta entrevista

Atlan, Henri. O Útero Artificial. Rio de Janeiro: Fiocruz. 2006.

Outras obras de Henri Atlan citadas:

L’Organisation Biologique et la Théorie de l’Information. Paris: Hermann, 1972, 1992, Reimpressão: Paris: Éd. Seuil, 2006.

Entre le Cristal et la Fumée. Paris: Éd. du Seuil, 1979; 1986. Col. Points sciences. Edição em português disponível: Rio de Janeiro: Zahar. 1994.

À Tort et à Raison: intercritique de la science et du mythe. Paris: Éd. du Seuil. Col. Science ouverte, 1986; col. Points sciences, 1994. Edição em português disponível: Lisboa: Piaget. 1993.

Tout, Non, Peut-être: éducation et vérité. Paris: Éd. du Seuil. Col. La librairie du XXe siècle, 1991.
Edição em português disponível: Lisboa: Piaget. 1994.

Le Clonage Humain (com a colaboração de Marc Augé, Mireille Delmas-Marty, Roger-Pol Droit e Nadine Fresco). Paris: Éd. du Seuil, 1999.

“L’ombre de l’UA” Nouvelle préface à L’Utérus Artificiel,. Paris:  Seuil. col. Points Science ( nova edição a sair em 2007)

“Projet de Recherches et d’Enseignement; theories biologiques. (avec Curriculum Vitae)”. Paris: 1995 (2001). EHESS.  Document d’ordre institutionnelle.

- Les Étincelles de Hasard, t.2, Athéisme de l’écriture. Paris: Éd. du Seuil, 2003ª Col. La Librairie du XXe siècle.
Edição em português disponível: O livro do conhecimento II: Ateísmo das Escrituras. Lisboa: Piaget. 2005.

“Ruído e determinismo: diálogos espinosistas entre antropologia e biologia”. Mana, vol.9 nº1. 2003b:123-137.

“T-cell vaccination against anti-CD4 autoimmunity in HIV-1 infected patients.” ( pesquisa de equipe científica com Lapid, A. & al)  Journal of Clinical Virology 31S- (2004) S48-S54.www.elsevier.com/locate/jcv

“The Emergence of Goals in a Self-organizing Network: a non-mentalist model of intentional actions” (com Yoram Louzon). Neural Networks (in press)

Textos citados para maiores esclarecimentos sobre a obra de Atlan:

-- Aleksandrowicz, Ana Maria C. “A extensão da impostura” in Cadernos de Saúde Pública, vol. 16 nº 4.Pp. 893-924. Rio de Janeiro, 2000.(sobre a‘intercrítica’, na ‘resposta do autor’) www.scielosp.org/csp

- Aleksandrowicz , Ana Maria C., Henri Atlan e as Hipóteses do Possível nos Processos de Adoecer. Dissertação de Mestrado. ENSP-Fiocruz. 2001.

- Aleksandrowicz,  Ana Maria C . “Complexidade e Metodologia: um refinado retorno às fronteiras do conhecimento”. In: Minayo, MCS e Deslandes, SF , (orgs). Caminhos do Pensamento: Epistemologia e Método. Rio de Janeiro:Fiocruz; 2002. pp.49-79.

Outros autores citados:

- Balandier, Georges, 1999 . O Dédalo: para finalizar o século XX. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil.1999.

- Castoriadis, Cornelius. A Instituição Imaginária da Sociedade. São Paulo: Paz e Terra. 1995.

- Daedalus, também em versão digital, correspondente à revista oficial da American Academy of Arts and Sciences.
Fundada em 1780, a American Academy of Arts and Sciences (www.amacad.org)é um centro de estudos independente que conduz estudos multidisciplinares de problemas complexos emergentes. Sua revista oficial tem cinqüenta anos e pode ser acessada em http://mitpress.mit.edu/daedalus. Alguns artigos permitem downloads grátis como, no momento, Minding the body, de Antonio e Hanna Damásio. Daedalus,2006.135:3,15-22.

- Freud, Sigmund. Obra Completa. 23 volumes. Rio de Janeiro: Imago.1976.
Ao longo de sua obra, Freud esclarece e elabora suas teorias encima do pressuposto de que a ‘sexualidade’ não diz respeito só às atividades em torno de e ao ato sexuais em si, relacionando-a a toda a repercussão afetiva que os envolve, através da ‘libido’, pulsão ‘energética’, coalhada de significações, que transita constantemente entre o inconsciente e o consciente.

- Garreau Joel. Radical Evolution. New York: Broadway Books. 2005

- Houllebecq, Michel,  A possibilidade de uma ilha. São Paulo:Record. 2006

- Ishiguro, Kazuo: Não me abandone jamais. São Paulo: Companhia das Letras. 2005.

-Kurzweil, Ray. The singularity is near. When human transcend biology. New York:Viking. 2005.

-McEwan, Ian, “As Portas da Compreensão”. Caderno Mais. Folha de São Paulo. 23 de abril de 2006. pp.4-6.

- Zizek, Slavoj. Bem-vindo ao Deserto do Real.São Paulo:Boitempo. 2003.

Saiba Mais

- De sua opinião sobre a polêmica do útero artificial clique aqui

- Prefácio do livro "O Útero Artificial"
    Em inglês clique aqui
    Em português clique aqui

- Resenha do livro "O Útero Artificial" clique aqui

- Útero Artificial: O atual desafio científico da Reprodução Assistida clique aqui

- Notícias Relacionadas
    24/08/2006 - Cientistas criam útero artificial para tubarões
    22/07/2005 - Los costos de una igualdad llamativamente plana
    25/06/2005 - El "útero artificial"
    11/02/2002 - Ciência Internacional insurge-se contra a notícia da criação de útero artificial