Bibliografia

COPANS, Jean. 1971. " Da etnologia à antropologia". In Copans, J. et al., Antropologia: ciência das sociedades primitivas? Lisboa, Edições 70 (Perspectivas do Homem). pp. 15-56.

CARNEIRO DA CUNHA, Manoela.1986. “Etnicidade: da cultura residual mas irredutível”. In Antropologia do Brasil. São Paulo, Brasiliense/Edusp. pp. 97-108.

DUARTE, Luiz Fernando Dias.1998. Introdução. In Luiz Fernando Dias Duarte e Ondina Fachel Leal (orgs.), Doença, Sofrimento, Perturbação: perspectivas etnográficas. Rio de Janeiro, Editora da Fiocruz, pp.9-27.

DUMONT, Louis.1985. O Individualismo: Uma Perspectiva antropológica da ideologia moderna. Rio de Janeiro, Rocco.

BOAS, Franz. 1940. Race, Language and Culture. New York, Macmillan.

GEERTZ, Clifford.1973. A Interpretação das Culturas. Rio de Janeiro, Zahar.

GOULD, S.J., 1991. A Falsa Medida do Homem. Rio de Janeiro: Martins Fontes.

LARAIA, Roque. de Barros.1986. Cultura: Um Conceito Antropológico. Rio de Janeiro, Jorge Zahar Editores.

LUPTON, Deborah. 1999. Risk. Key Ideas. London, Routledge.

LÉVI-STRAUSS, Claude. Raça e História. Lisboa, Editorial Presença.

MAIO, Marcos Chor e VENTURA DOS SANTOS, Ricardo (orgs.). Raça, Ciência e Sociedade. Rio de Janeiro, Centro Cultural do Banco do Brasil/Editora da Fiocruz. 1996.

MAGGIE, Ivonne. 1996. “Aqueles a Quem foi Negada a Cor do Dia”: As Categorias Cor e Raça na Cultura Brasileira. In Marcos Chor Maio e Ricardo Ventura dos Santos (orgs.), .). Raça, Ciência e Sociedade. Rio de Janeiro, Centro Cultural do Banco do Brasil/Editora da Fiocruz.

MAIR, Lucy. 1965. An Introduction to Social Anthropology. Inglaterra, Oxford University Press. Tradução brasileira: Introdução à Antropologia Social.Rio de Janeiro, Zahar, 6a. Edição,1984.

PETERSEN, A. e BUNTON, R. 2002. The New Genetics and the Public´s Health. London, Routledge.

SEYFERTH, Giralda. 1996. Construindo a Nação: Hierarquias Raciais e o papel do Racismo na Política de Imigração e Colonização. In Marcos Chor Maio e Ricardo Ventura dos Santos (orgs.), .). Raça, Ciência e Sociedade. Rio de Janeiro, Centro Cultural do Banco do Brasil/Editora da Fiocruz, pp. 41-58.

SHAPIRO, Harry L.1956. Man, culture and Society. New York, Oxford University Press. Tradução brasileira: Homem, Cultura e Sociedade. Rio de Janeiro/Lisboa, editora Fundo de Cultura.1972

STOCKING, G. W. 1968. Race, Culture and Evolution. New York, Free Press.

VENTURA DOS SANTOS, Ricardo. 1996 . Da Morfologia às Moléculas, de Raça a População: Trajetórias Conceituais em Antropologia Física no Século XX. In Marcos Chor Maio e Ricardo Ventura dos Santos (orgs.), Raça, Ciência e Sociedade. Rio de Janeiro, Centro Cultural do Banco do Brasil/Editora da Fiocruz, pp.125-142.

VERANI, Cibele Barretto Lins.1990. A doença da Reclusão do Alto Xingu: um estudo de caso de confronto cultural. Dissertação de Mestrado não publicada. Rio de Janeiro, PPGAS/Museu Nacional/UFRJ.

VERANI,.1994.“A construção social da doença e seus determinantes culturais: a Doença da Reclusão do Alto Xingu”. In Ricardo Ventura dos Santos & Carlos E. A. Coimbra Jr. (orgs) Saúde e Povos Indígenas. Rio de Janeiro, Ed. da FIOCRUZ. pp. 161-186.

* * * * * * * * * *

Links

Laboratório de biodiversidade e evolução molecular do departamento de biologia geral, do ICB/UFMG

A ancestralidade Africana no Brasil